Saltar para o conteúdo principal

INCLUSÃO DO PROJETO TEJO COMO PRIORIDADE NO PROGRAMA NACIONAL DE INVESTIMENTOS 2030

 



 

MOÇÃO APROVADA PELA CÂMARA MUNICIPAL DE ALPIARÇA sob proposta do Presidente 

O Projeto Tejo - Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos do Tejo e Oeste foi apresentado em Fevereiro de 2018, numa sessão que decorreu na Quinta da Lagoalva de Cima, em Alpiarça, com a presença do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação e de vários autarcas da região, assim como de outras entidades oficiais.

Assumindo-se como uma referência ambiental e com benefícios em diversos setores, promovendo o desenvolvimento económico e social, o Projeto Tejo
associa ao regadio uma vasta e rica parcela do território nacional, com a drenagem do rio Tejo e o controlo da cunha salina, apontando ainda para a sua navegabilidade, com as vantagens daí decorrentes, nomeadamente aos níveis do turismo, da pesca, da aquacultura e do transporte fluvial, entre outros.

O Projeto Tejo tem como objetivo central minimizar a falta de água na bacia do Tejo e pretende conduzir a um melhor ambiente, levando ao abandono progressivo da utilização das águas subterrâneas, sobretudo pela agricultura, facilitando assim a recuperação das linhas de água superficiais, que têm vindo a perder caudais; pretende combater a desertificação agrícola que se tem verificado nos últimos anos, onde no Ribatejo e Oeste a agricultura perdeu cerca de 25% da área cultivada, devido a vários fatores, entre os quais a dificuldade de acesso à água para rega; procura alcançar a navegabilidade do rio Tejo, potenciando assim a vertente turística da região, bem como o transporte de mercadorias, valorizando o enoturismo, os produtos regionais e a abertura de novos negócios.

É um projeto com enorme impacto na região e no País, a desenvolver num horizonte temporal alargado, faseadamente, e que implica a mobilização de
importantes recursos financeiros e o empenhado envolvimento de diversas entidades e, em primeiro lugar, do Governo português.

Por tudo isto, a Câmara Municipal de Alpiarça, reunida no dia 25 de Fevereiro de 2019:

. apela a uma união de esforços e de vontades das entidades competentes, no sentido de iniciar os estudos necessários para a implementação deste
projeto e a disponibilização das verbas correspondentes;

. solicita ao Governo a inclusão do Projeto Tejo como uma prioridade no Programa Nacional de investimentos 2030, considerando que este é um
Projeto a médio e longo prazo e quanto mais rápido se iniciarem os respetivos estudos, mais rápido se encontrarão as soluções para um rio Tejo sustentável
e para o desenvolvimento da agricultura e do turismo em toda esta vasta região, que se traduzirá muito positivamente no todo nacional, em termos económicos e sociais, ao longo das próximas décadas.

Alpiarça, 25 de Fevereiro de 2019
Aprovado por unanimidade

voltar ao topo