Saltar para o conteúdo principal

Peça do Mês de Dezembro de 2020

 

 

Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça
Peça do mês – Dezembro

Anunciação
Óleo sobre madeira
Francisco Henriques

Século XVI

177,8 cm X 111,3 cm


CP – MA
Inv. Nº 84.600

 

A peça do mês de Dezembro é uma pintura portuguesa da autoria de Francisco Henriques, datada do século XVI. Faz parte de um conjunto de quatro obras adquiridas por José Relvas, sendo o conjunto constituído por: Anunciação, Natividade, Adoração dos Magos e Apresentação no Templo. Pertenceu ao retábulo do altar-mor da Igreja de S. Francisco de Évora e foi adquirida em 1918, por José de Mascarenhas Relvas, ao antiquário Ramiro Mourão, da Praia da Granja, Vila Nova de Gaia.

Francisco Henriques era natural da Flandres, mas veio viver para Portugal no final do século XV. No século XVI, começou a trabalhar em vários projectos no nosso país, entre eles os retábulos do altar-mor e dos altares laterais da Igreja de S. Francisco, em Évora. O seu prestígio levou a que o rei D. Manuel I lhe fizesse várias encomendas; a última foi o coruchéu do Limoeiro, em Lisboa. Foi precisamente nesta cidade, que o pintor veio a falecer, com peste bubónica, em 1518.

A pintura apresentada este mês é a Anunciação. Em primeiro plano o Anjo Gabriel anuncia à Virgem que ela vai ser mãe, esta toda vestida de azul escuro, de olhos baixos, tem as mãos numa posição que pode ser um misto de adoração e encantamento. Sobrevoando Maria, uma pomba branca, que representa o Espírito Santo. O ambiente representado é de uma casa da época, onde sobressai em primeiro plano uma lindíssima faiança decorada com uma açucena branca, simbolizando a pureza, a castidade e a virgindade. O anjo Gabriel tem vestes sumptuosas, na mão esquerda segura um ceptro, simbolizando o poder de Deus.

Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça


  
 
voltar ao topo